Search

Instabilidade do clima faz o preço do arroz disparar no Brasil

Porto Alegre – Item essencial no prato do consumidor brasileiro, o arroz agora está pesando no bolso também. Isso porque os preços do alimento dispararam nas últimas semanas, devido à instabilidade do clima. O preço do quilo do arroz está perto de R$ 30 para os consumidores, já os indicadores econômicos apontam que a saca de 50 quilos de arroz está em torno de R$ 105, segundo o Cepea/Irga(RS).

A alta do preço do arroz está relacionada a pelo menos três fatores, segundo economistas. Um deles diz respeito ao período da entressafra no Brasil. Todas as lavouras já foram colhidas, e as novas continuam sendo plantadas.

Outro fator importante que está impactando os preços é o excesso de chuva, que está atrasando o plantio no Rio Grande do Sul, responsável por 70% da produção nacional. Além disso, a Índia, segundo maior produtor do mundo, suspendeu as exportações do grão, para garantir a oferta interna. As lavouras indianas também foram afetadas pela instabilidade climática.

Os preços atuais estão semelhantes aos registrados durante a pandemia, há 3 anos. Nos últimos 12 meses, o arroz ficou 16% mais caro no Brasil.

A nova safra de arroz, segundo o Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga) já foi 54,3% semeada no Rio Grande do Sul, o que corresponde a cerca de 493 mil hectares de lavouras, de um total de 903 mil hectares projetados para a atual safra.

PlayFM - Ao vivo
PlayTV - Ao vivo
Contato

Fale com a gente!