Search

Gaeco de Londrina denuncia quatro pessoas por lavagem de dinheiro

Londrina – O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo de Londrina (Norte Central do estado) do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), denunciou nesta quarta-feira, 27 de setembro, pelo crime de lavagem de dinheiro quatro pessoas investigadas no âmbito da Operação Imperium, deflagrada em julho. A denúncia tramitará na Vara Criminal de Ibiporã.

Conforme as investigações, que tiveram início em maio deste ano, foi descoberta a atuação de um grupo criminoso responsável pela exploração de jogos de azar (máquinas caça-níqueis) em diversos municípios paranaenses e paulistas. Para a prática dos ilícitos, os integrantes da organização criminosa contavam com o respaldo de policiais militares e civis, que recebiam vantagens indevidas (propina) para permitirem ou participarem do funcionamento do esquema.

As apurações sobre a lavagem de dinheiro demonstraram que os recursos oriundos dos crimes eram “lavados” a partir de empresas do ramo de venda de tintas estabelecidas em Londrina, além de uma empresa fantasma constituída para esse fim.

PlayFM - Ao vivo
PlayTV - Ao vivo
Contato

Fale com a gente!