Search

Falha no Bradesco deixa clientes com saldo zerado

São Paulo – Correntistas do Bradesco estão sendo surpreendidos nesta segunda-feira (27) com saldo zerado ou negativo na conta.

Em nota, o Bradesco afirma que o processamento noturno do banco não atualizou corretamente o saldo da conta corrente de um grupo reduzido de clientes. A situação deve ser regularizada em breve, segundo a instituição.

O banco tem mais de 71,7 milhões de clientes.

O site DowDetector, que acompanha as falhas dos serviços digitais, registrou as primeiras notificações às 5h53. Às 11h, a plataforma registrou o pico de queixas sobre o sistema do Bradesco. Além da discrepância no valor do saldo da conta, usuários também reclamam de falhas no aplicativo do banco e nas transferências de dinheiro.

Nas redes sociais, correntistas relatam o sumiço de dinheiro e a dificuldade em ter uma explicação.

“Bradesco, minha conta está negativa e a gerente disse que não está, mas não consigo fazer nada com a conta”, afirma uma usuária do X, ex-Twitter.

Em resposta, pela rede social, o banco pediu para a cliente acessar a conta “mais tarde”.

Até o momento, as reclamações entre os assuntos mais comentados das redes sociais, indicando que as falhas ainda não foram resolvidas.

Este não é o primeiro problema enfrentado pelos clientes do Bradesco. Em maio deste ano, o sistema do Bradesco ficou fora do ar e com intermitência. A falha atingiu o aplicativo do banco, seu internet banking e até caixas eletrônicos. O aplicativo do Next, banco digital do Bradesco, também caiu.

Em setembro, correntistas relataram instabilidade no Pix.

O Bradesco está passando por uma troca de comando. Na última quinta-feira (23), o banco anunciou que Marcelo Noronha substituirá Octavio de Lazari Jr. como presidente-executivo da instituição. Lazari, por sua vez, vai assumir uma cadeira no conselho de administração.

Segundo o presidente do conselho de administração, Luiz Carlos Trabuco, a troca de comando no Bradesco tem o propósito de iniciar um ciclo de projetos e objetivos estratégicos.

Com o anúncio da mudança, as ações do Bradesco registraram forte alta, de mais de 3%.

O Bradesco encerrou o terceiro trimestre deste ano com lucro de R$ 4,6 bilhões, 11,5% a menos que no mesmo período de 2022, num resultado pior que o esperado pelo mercado, que previa R$ 4,68 bilhões.

Enquanto isso, seu rival Itaú Unibanco, registrou alta de 12% no lucro líquido recorrente, com avanço na carteira de crédito e inadimplência quase estável.

PlayFM - Ao vivo
PlayTV - Ao vivo
Contato

Fale com a gente!