Search

Consumo de bebidas alcoólicas em casa aumenta em mais de 40%

São Paulo – Um estudo intitulado “Indicadores Setoriais Anuais”, conduzido nos últimos anos pela empresa de consultoria KPMG em parceria com a Abrabe (Associação Brasileira de Bebidas), revelou uma ascensão no consumo de bebidas e drinks alcoólicos em ambientes domiciliares.

De acordo com os dados, houve um aumento de mais de 40% nesse hábito já no fim de 2023, especialmente através de canais off-trade, como supermercados. Além disso, o estudo aponta para a expectativa de que esse crescimento persista nos próximos dois anos, atingindo uma marca de 45%.

Para tanto, é preciso esclarecer que o contexto da pandemia emergiu como um catalisador significativo para essa mudança de comportamento, à medida que as pessoas buscavam alternativas para manter suas vidas sociais ativas sem comprometer a segurança.

Cenário de isolamento social

No contexto da pandemia, as restrições e isolamentos socialmente necessários levaram as pessoas a buscar maneiras de amenizar o impacto do distanciamento físico. O lar tornou-se um refúgio, e as interações sociais foram transferidas para o ambiente doméstico. Nesse cenário, o aumento no consumo de bebidas alcoólicas em casa não é apenas uma estatística, mas um reflexo da necessidade humana de conexão e relaxamento durante tempos desafiadores.

A Abrabe destaca a importância de compreender esse fenômeno não apenas como uma mudança comportamental, mas como uma resposta adaptativa ao contexto global, onde as bebidas alcoólicas desempenharam um papel significativo na busca por momentos de descontração e lazer.

O estudo da KPMG e Abrabe aponta que, além do aumento expressivo nas vendas para consumo doméstico, o setor off-trade registrou um crescimento constante nos últimos anos. Isso sugere uma mudança estrutural nos hábitos de consumo de bebidas alcoólicas, com as pessoas agora mais inclinadas a apreciar a conveniência e a experiência personalizada em casa.

O fenômeno não se restringe apenas a uma faixa etária específica. Tanto os jovens adultos quanto os mais experientes adotaram essa prática, consolidando um novo padrão de socialização. A praticidade de ter um bar caseiro bem abastecido e a possibilidade de criar experiências personalizadas de degustação de bebidas são fatores que contribuíram para esse cenário.

Delivery e consumo em casa

O estudo também destaca que as empresas do setor têm se adaptado a essa mudança, oferecendo opções de delivery eficientes e diversificando seus produtos para atender às novas demandas.

O aumento significativo no consumo de bebidas e drinks alcoólicos em casa, conforme revelado pelo estudo “Indicadores Setoriais Anuais” da KPMG e Abrabe, não é apenas uma tendência momentânea, mas uma mudança cultural que ganhou força durante a pandemia e parece estar aqui para ficar.

As empresas do setor estão se adaptando a essa nova realidade, proporcionando aos consumidores opções de alta qualidade e praticidade, seja para desfrutar em casa ou celebrar em locais específicos.

Confraternizações e drinks alcoólicos

O estudo também destaca que as empresas do setor têm se adaptado a essa mudança, oferecendo opções de delivery eficientes e diversificando seus produtos para atender às novas demandas. Isso é evidente no caso da Cocktail Shop, que se esforça para proporcionar uma experiência de compra única, seja para bares e restaurantes que buscam qualidade ou para consumidores individuais que desejam fazer de suas celebrações em casa algo memorável.

O aumento significativo no consumo de bebidas e drinks alcoólicos em casa, conforme revelado pelo estudo “Indicadores Setoriais Anuais” da KPMG e Abrabe, não é apenas uma tendência momentânea, mas uma mudança cultural que ganhou força durante a pandemia e parece estar aqui para ficar.

As empresas do setor estão se adaptando a essa nova realidade, proporcionando aos consumidores opções de alta qualidade e praticidade, seja para desfrutar em casa ou celebrar em locais específicos.

Fonte: FolhaPress

PlayFM - Ao vivo
PlayTV - Ao vivo
Contato

Fale com a gente!